Lembranças de 2008

9 11 2009

tcc

 

Semana passada, mais precisamente quarta-feira, os alunos da oitava fase de publicidade e propaganda da Estácio tiveram que entregar seus filhos, os famosos TCC’s. É um filho mesmo, consome nosso tempo, pede nossa atenção, pede prioridade, nos impede de sair, nos deixa acordados de madrugada e requer muitos cuidados.

A começar na escolha do nome, tal qual de uma criança, um nome que você goste e tenha a certeza absoluta de que não vai se arrepender mais tarde. Depois, a complicada tarefa de escolher o pai (ou a mãe), uns tem a sorte de pegar aquele pai babão e participativo, que segura na mão e ensina andar, já outros pegam aqueles que só dão o sobrenome e nada mais. E depois dessa fecundação você só quer dar o melhor pra ele, só quer saber se ele está acompanhando o desenvolvimento de acordo com os demais, se ele está crescendo bem e ficando gordinho, se está amadurecendo bem. Igual àquela tabelinha de caderneta de neném que compara a idade com as habilidades.

Mas a verdade é que mesmo fazendo tudo certo, bate o desespero de mãe adolescente. De não saber por onde começar, de ter tanta coisa pra contar e não conseguir dizer nada, de não saber se está fazendo certo ou errado, de ver seus amigos curtindo a vida e você em casa porque tem um filho pra cuidar. Aí você se encontra com o pai da criança e fala e chora e chora e fala, e ele te olha e diz: calma, tá tudo bem. Comassim? Óbvio que não tá tudo bem, não tá nada bem. Mas acredite, ele sabe o que está dizendo. E você só vai ter a certeza disso quando olhar seu filho na prateleira da biblioteca. Ou quando sair pulando após saber a nota da banca, igual alguém que eu conheço.

Exatamente há um ano, era a nossa turma que estava entregando TCC. E se por um lado tinha todo esse caos relatado ali em cima, por outro a turma se ajudou mais do que nunca. Um exemplo de trabalho em equipe. Se por um lado era chato ficar dias e noites e madrugadas fazendo esse trabalho que não tem fim, por outro nós curtíamos as noites, sábados, domingos e feriados no MSN, gtalk e e-mail. Todos online tccendo ou monografiando como diziam os respectivos Nicks.

Cada dúvida que surgia era um email que chegava. Alguém sabe como se faz sumário automático? Alguém tem aquela citação de Kotler? Alguém sabe a referência de Lakatos? Aqui o espaçamento é 1,5 ou simples? E o recuo? E a margem? Aqui vai negrito ou itálico? Alguém sabe numerar as páginas sem ficar numerada a capa também? E mais outras tantas que não me recordo. Agora coloque umas quinze respostas pra cada pergunta e em dois minutos você tem uma caixa de entrada lotada. E em dois minutos você se diverte muito com cada resposta dessa turma criativa.

Aí entregamos e comemoramos em grande estilo, no bar da tia. Depois assistimos as apresentações dos amigos e festejamos as melhores notas de TCC já vistas em uma turma de publicidade da Estácio. E hoje, falando com algumas pessoas da turma, não teve um que dissesse não sentir saudades dessa época de correria e união. Eu sinto saudades. #prontofalei.

P.S –  A prova de que TCC faz mal pra mente.

De: Kelly – Para: Pedroso

Oi Prof,
tô mandando em anexo o capitulo 4, ainda não terminei, mas eu queria que você desse uma olhada pra ver se eu estou fazendo certo,
Se posso continuar assim, ou se devo mudar alguma coisa.
Comecei falando das Ipanemas Gisele Bündchen e depois vou falar das anatômicas.
Tô mandando também o que a menina da África me mandou.
Abraço, Prof

—-
De: Pedroso – Para: Kelly

Kelly, vc mandou a campanha, não o TCC.
Abraço.

Prefiro não comentar!


Ações

Information

9 responses

9 11 2009

E depois do parto dá aquela sensação de vazio. De que seu filho não vai crescer sem ter você por perto. É um misto de alívio, alegria, tristeza e medo. Comparo também ao fim de uma viagem. Muitos chegaram de longe, carregaram alguns pesos, sofreu, chorou, agradeceu. E sim, valeu a pena.
Obrigada por ter ajudado meu filho a vir ao mundo, hahaha!

Beijos, flor.

10 11 2009
Tatah

Olha, vou te contar que sumário é um saco, exatamente igual numerar as páginas hahaha
Word acaba com a gente, mas a gente se diverte.
Ainda bem que ainda tenho muita coisa pela frente, então espero que minhas saudades demorem a aparecer, embora eu já sinta falta de fases anteriores.
Nada melhor que o tempo de faculdade, onde todo mundo é unido, onde somente isso que importava. Melhor fase da vida, CERTEZA.

O que passou não volta mais, infelizmente.

Beijo, Kelly!

10 11 2009
Débora Rosa

HAUHAUHAUHAUAHUAHA….. a loucura era tanta que mandar anexo trocado era mato.

10 11 2009
Ana Amélia Henrique

Ainnn quase chorei!!!
Mais um etapa “vencida” na vida!!!

Não sei se é bom passar por essa etapa ou estar nela!!!!

SaudadeS.

(dos tempos bons)

hauhauha

10 11 2009
Jefferson

Concordo com a Tatah. Bola pra frente que agora os desafios são outros.

10 11 2009
Sérgix

A saudade dessa etapa é grande. Ho época boa, e olha que nós reclamavámos um monte. Eu olhava para meu filho ás vezes e achava que não daria conta de criá-lo, em muitas ocasiões o deixei abandonado, tentando esfriar a cabeça para poder olhar para ele com outros olhos, a técnica deu certo. Nunca chorei com ele, minha mania era de quando estar de saco cheio ouvia um rock que me motivava e me ajudava, e acredite, se não fossem essas músicas, tavez eu não tivesse conseguido, algo devidamente agradecido na 4ª folha do trabalho.
O triste mesmo é olhar para esse filho hoje, um ano depois, abandonado, esquecido. Depois disso fica a esperança de ele servir de apoio para algum outro pai de primeira viagem na biblioteca da faculdade. 😉

Bjs

10 11 2009
luana

As coisas boas da vida passam tão rápido, e o pior é que quando estamos passando por elas não aproveitamos todos os minutos, pois não sabemos que um dia aquilo vai fazer falta… e não é que faz falta mesmo??? até uma monografia faz falta… ou será que pra gente faz falta pela turma maravilhosa que tinhamos??

o saudade em!!!

11 11 2009
Hellô

-Socorro Kelly me ajuda no sumáááário!!!!! hahahahahaha

Sinto saudades da nossa turma maraaaaa o/

14 11 2009
Léo

Ah, minha sala já está entrando em clima de saudade. NOT! Tá a maior briga por causa da festa da formatura. hahaha
Mas até das brigas vou sentir saudade (dependendo de quem for).
E o Pedroso é engraçado até em uma frase de menos de 140 caracteres! Quero só ver como vai ser meu tcc… #medo

Beijoooos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: