Respeitando os 10 mandamentos

3 11 2009

pergaminho

Não, não tô falando de religião. Mas sim, os 10 mandamentos dos futuros publicitários, algumas dicas que fazem toda a diferença no portfólio.

Os 10 mandamentos Ésse Vês (título original), foi escrito por Sab’s com pequena participação de Sergião. Preste muita atenção porque depois não adianta pedir ajuda aos santos.

I. Não criarás sombras brancas

As sombras são sempre escuras. Quando quiser destacar uma imagem escura sobre fundo escuro, recorra a outras maneiras de fazê-lo. O modo mais simples é alterando a cor do fundo, por exemplo, ou inserindo um elemento que sirva como base mais clara para a imagem que você deseja sobrepor.

II. Respeitarás a dobra da revista

Não devemos ignorar que o anúncio de página dupla possui uma dobra central. Em muitas peças, a dobra corta a imagem do produto, o título ou mesmo o logotipo do cliente.
Para não esquecer desse importante detalhe, utiliza-se sempre uma linha-guia no centro da página (local da dobra) durante a criação.

III. Não poluirás

Algumas coisas que poluem um anúncio são:
O uso de diferentes famílias tipográficas em uma só peça (escolha no máximo duas famílias de fontes para cada anúncio que você fizer – uma para o título e a segunda para demais textos);
A maneira de dispor elementos “voando” (um logo em cada cantinho da peça é um exemplo);
Elementos desnecessários ou de difícil compreensão;
Ah, e a sombra branca, lógico.

IV. Não deixarás fundo branco em logomarcas (ou logotipos)

Esse ato, na sua pasta, pode ser interpretado como um sinônimo de preguiça e falta de cuidado. Procure sempre o logo em vetor e, se não encontrar, retire o fundo branco do jpeg no Photoshop. É simples, rápido, e demonstra sua preocupação com detalhes.

V. Não escreverás errado

Alguns erros podem ser imperdoáveis pelo diretor de criação que vai analisar o seu trabalho. Para garantir um anúncio sem erros de português, é válido digitar o texto no Word. O programa verifica e aponta possíveis erros.
Se continuar na dúvida, consulte o velho e bom dicionário.

VI. Não usarás Arial

As fontes instaladas no seu computador aparecem em ordem alfabética, e a Arial começa com A.
O que isso significa? Pode ser apenas uma coincidência, mas também pode significar que você sequer procurou ou testou nenhuma outra fonte, ficou na letra A mesmo. E isso quer dizer o quê? Preguiça.
A Arial é usada preferencialmente para internet. Em impressos, você é livre para escolher fontes menos manjadas e mais originais, mesmo as clássicas.

VII. Não espelharás

Imagens espelhadas e reflexos impossíveis são vistos a todo o momento. Tome muito cuidado na hora de espelhar uma imagem, se for uma embalagem, por exemplo, o texto ficará espelhado também.
Além disso, fique atento com a perspectiva nos reflexos. Eles são traiçoeiros.

VIII. Descartarás a primeira ideia

Nada de se apaixonar logo pela primeira ideia. Ela também é traiçoeira. Desconfie dela. Uma sugestão é jogar a primeira ideia fora por um dia e criar outras. Se no dia seguinte você não ficar com vergonha da primeira ideia, é porque não viajou nada.
Por vezes, qualquer escritor se questiona: “Fui eu mesmo quem escreveu isso?”
E olha só: poucos dias após escrever o seu texto.

IX. Saberás distinguir a hora

Hora de criar, criar. Hora de julgar, julgar.
Na hora de criar, desprenda-se. Solte o que vier à telha. Extravase. Tudo é válido. Tudo é ROUGH. Combine. Construa. Reconstrua. Esqueça as regras nessa hora.
Criar julgando prova o quanto a gente ainda não entendeu o que é a arte de criar.
Já na hora de julgar, devemos ser primeiramente minuciosos quanto ao(s) paradigma(s) que a nossa mensagem possa vir a passar. Não é o que a gente acha, gosta, acredita. É o que o mercado quer ouvir da gente. Portanto, chega de machismos.
Hoje em dia as mulheres são o grande alvo de quase todas as campanhas. E um diretor de criação não vai cometer o equívoco de contratar alguém que ainda não teve a sensibilidade para sacar isso.
Respeito com a público é bom e o mundo inteiro gosta.

X. Não usarás “…” e “!!!”

Não. Não. E ponto final.

Agora, lembre-se de ler isso sempre antes de criar.

Anúncios

Ações

Information

4 responses

3 11 2009
Tatah

Adorei. Principalmente a última dica haha

Beijo

3 11 2009
Carol

Por isso que todo mundo acha que é publicitário.
Porque acham que basta saber inventar qualquer coisa.

Não!

Existem regras, pessoas. Afinal, não ficamos 4 anos sentadinhos em cadeiras da faculdade para aprender a desenhar no corel. Noção é algo que também se aprende!

Adorei o texto!

beijos…!!! hahaha

3 11 2009
Renata

Formidable!
Agora conta pro cliente tudo isso e FAZ ELE ENTENDER POR FAVOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOR! hahaha.
Conta pra ele que “não basta saber inventar qualquer coisa. não ficamos 4 anos sentadinhos em cadeiras da faculdade para aprender a desenhar no corel. Noção é algo que também se aprende!” by Carol
haha
Beijoooooooooo

5 11 2009
Falaquack

Aprender corel na faculdade é de matar! Parabéns pelo blog mto bons os posts…

Deixe uma resposta para Carol Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: