PlayList

28 10 2009

músicamusica

E se vida tem trilha sonora, eu tenho uma discografia na minha. Uma coletânea que vai de pagode a MPB. Música me faz lembrar momentos meus. Momentos com alguém, momentos sem ninguém, momentos de festas ou não. E além de somente momentos, me faz lembrar pessoas. Às vezes não tem nada a ver com a letra da música em si, mas porque alguém me disse que gosta e eu gostei também e sempre que eu ouço, lembro. Ou porque alguém me contou alguma situação com a música e acabei associando. E por aí vai.

E mesmo sabendo de tudo isso, eu nunca tinha parado pra pensar na intensidade da coisa até que uma amiga disse esses dias “acabei de escutar a tua música”, na hora eu não entendi, comecei a rir e perguntei qual era, e ela respondeu “Por onde andei do Nando Reis, sempre me lembro de ti”. Aí eu ri mais ainda, porque essa música me faz lembrar ela também. E o mais incrível é que a gente não sabia, foi pura coincidência.

Depois comecei a lembrar dessas músicas que me falam tanto, que me lembram tanto, que me traz saudade e as que não fazem mais diferença. Lembrei daquela amiga que me mandava mensagem sempre que a nossa música tocava, e isso variava entre duas e três da manhã. Daquela que depois de cantar descontroladamente do meu lado, olhou pra mim e disse “Kelly, não se assusta, mas é que eu amo Dazaranha”. Lembrei de quando pegava carona com um amigo na volta da faculdade e a gente ouvia música de emo, e esses dias comentamos das trilhas Top Caronas e deu uma vontade de fazer tudo de novo. Lembrei da amiga que voltou dos EUA e só cantava low low low do Flo Rida e do ex que mandou uma carta (sim, pelo correio) dizendo que tava ouvindo aquela música que marcou uma época boa.

Tantas épocas boas, tanta história, tantas pessoas. E no lugar do coração começo acreditar que tenho uma vitrola que pulsa aqui dentro, que não sabe apertar o pause, muito menos o stop. Toca mil vezes a mesma música só pra fixar bem na minha mente, só pra me fazer lembrar cada momento, até aqueles que não vale lembrar, até aqueles que nem teve música nenhuma. Mas teve letra, teve locução, teve o roteiro que eu escrevi e o cenário que a gente improvisou. E tem trilha sim. Eu escolhi, ouvi, cantei. Decorei cada acorde. Acorde. Discorde. Tanto faz. Mas tocou e toca todos os dias, assim como ouço e lembro todos os dias. Assim como qualquer música sempre vai me fazer lembrar alguma coisa. Alguém.

Trilha do momento.

Anúncios

Ações

Informação

3 responses

28 10 2009
luana

Será que eu me identifiquei com a trilha do momento? será que eu me identifiquei com “aquela amiga que me mandava mensagem sempre que a nossa música tocava, e isso variava entre as duas e três da manhã”… ameiiii como sempre..

acho que a gente pode eleger essa trilha do momento como a trilha da carona né? hehehe

P.S.: amei o título =P

bjo pequena!!!

28 10 2009
Carol

Aaaaaaaaaaaaaaa
Olha eu ali frenética por daza!!!!!

kkkkkkk

Detalhe maior do mundo: eu tava ouvindo Luz dos olhos…
eu amoooooooooo essa músicaaaaaaaaa

“…pra eu te dar a mão nessa hora, levar as malas pro fusca lá fora… e eu vou guiando!!!!! eu te espero vemmmmmmmmmmmm… diga onde vão meus pés, que eu te sigo também!!!!!”

28 10 2009
Daiane

“Pus nos olhos vidros pra poder
Melhor te enxergar…” A.M.O.!

Melhor ainda na voz dela…

;D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: