Mais um a menos

19 09 2009

desapego

É, uma semana se passou. Uma semana agitada, assustada, com insônias e tudo o que se tem direito. Uma semana comentando o mesmo assunto. Uma semana explicando as mesmas coisas. Uma semana respondendo as mesmas perguntas. Uma semana pra pensar. E eu pensei. Muito. Talvez mais do que deveria. Cheguei a conclusões óbvias, me decepcionei com pessoas óbvias e quis não acreditar que era tão óbvio assim.

Tão óbvio quanto saber que são as mesmas pessoas a ligar, os mesmos e-mails a chegar, os mesmos braços a abraçar. Tão óbvio como não precisar assistir a novela pra saber o final, como saber pra quem ligar em momentos de perigo, como segurar a mão na hora da insegurança. E mesmo assim, eu não quis acreditar. Talvez porque eu não sou uma pessoa óbvia, talvez porque eu sempre sou talvez, que o óbvio me surpreende. Talvez porque dessa vez o que era pra ser óbvio, não foi. E eu confirmei o que eu já sabia.

Confirmei que as palavras de carinho se tornam ainda mais lindas quando ditas num momento em que você precisa ouvir. Que a preocupação e a atenção que nos dedicaram nos faz sentir melhor e superar o susto. Confirmei que já estou apta a criar roteiros à La Hitchcock, pois várias pessoas me perguntaram se realmente foi verdade tudo o que escrevi. Mas principalmente, confirmei o óbvio. Confirmei que me importei demais com quem simplesmente não se importa.

Anúncios

Ações

Information

9 responses

19 09 2009
blueberry6

… não importa o quanto vc se importe, tem pessoas q simplesmente não se importam.

19 09 2009
Sérgio Filipe

Posso imaginar como deve ter sido a semana depois de toda aquela tensão que vcs passaram. Não deve ter sido fácil, e realmente é uma história incrivel, não sei se à La Hitchcock, afinal as pessoas já estão acostumadas a ouvir coisas semelhantes nos telejornais por ai, mesmo assim que foi impressionante foi.

Uma coisa eu sei, as pessoas estão muito preocupadas com suas vidas para se importar com os problemas dos outros, isso é fato, e na minha opinião não existem exceções.

Belo texto! 😉

19 09 2009
Débora Rosa

Fico triste tb qndo isso ocorre comigo. Mas com o tempo passei a perceber o acontece de fato. Muitas pessoas sentem vergonha de demonstrar o que sentem. Algumas acham que não precisa falar, pois vc já sabe (pensam que vc lê pensamentos). Outras são orgulhosas o bastante para não dizerem pessoalmente o que vc representa na vida dela, ou a admiração que sentem por conhecer vc. E, “essas” infelizmente só deixam para demostrar tudo isso diante de uma lápida.. qndo não tem mais volta.

19 09 2009
Hellô

Meu amor, é óbvio que vou SEMPRE segurar a sua mão na hora da insegurança e
saiba que me importo muito com você e seu bem estar, só desejo seu bem
amiga… E isso que importa, ter pessoas que se preocupam sempre com a gente por perto e saber que podemos contar com ela em todos os momentos…
Tenha certeza que és muito superior a tudo isso!!!

LOVEEEEE YOUUUU BABY!!!

20 09 2009
Carol

Uma semana quase exata! Kelly, segura na minha mão… to com medo!
Confia em mim… tudo vai dar certo!!!!

concordo com a Heloisa … é nesse momento que a gente percebe em quem realmente pode apostar as fichas!!!!

te amo pequena!

beijos
Carol

21 09 2009
Tatah

Esperamos tanto de alguém que no fim das contas percebemos que está nem aí.
Pensamos que todos devem ser de acordo com nossos pensamentos, pois isto seria o óbvio, mas no fim o óbvio para eles é outra coisa.
Complicado, mas acontece.

Estes textos me fazem pensar, e as vezes penso no que não gosto.
Complicado, mas acontece.

De qualquer forma, adorei!

Beijos.

21 09 2009
Fernando Palermo

Se tudo não fosse tão real e tão triste, teríamos belos textos. Mas o que temos é a realidade, que nem sempre é tão bela assim. Força, redatora.

24 09 2009
Daiane

Bom, eu não estava lá na hora pra segurar tua mão e ceder meu ombro, mas quando vc precisar sabe exatamente onde eu vou estar.

Bjoo

24 09 2009
Léo

É nessas horas que penso em perder a esperança na humanidade. Existem tantas pessoas sujas… Mas, o importante é saber reconhecer as boas e grudar nelas!

Beijos, semana que vem será melhor. 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: