Relatos de um sábado à noite

14 09 2009

DSC02002

Exatamente às 20h de sábado, três amigas resolveram sair. Não muito empolgadas pra pegar uma balada, decidiram ir a um barzinho na região de Coqueiros. Animadas por estarem juntas, elas se divertiram a noite inteira brindando, dando muitas risadas, conversando, cantando e fazendo até origami com flyer. Por volta das 2h deixaram o local. Ainda animadas foram até o estacionamento que ficava atrás do bar, e foi aí que a tortura começou. Do carro se aproximou dois rapazes, as meninas estranharam, pois não eram eles que estavam ali no inicio da noite, mas mesmo assim cogitaram a possibilidade de um revezamento. Doce ilusão. Com uma pistola apontada, a motorista foi convidada a passar para o banco de trás. Uma das meninas foi na frente e tentou uma comunicação, as outras duas atrás tentando não demonstrar o desespero.

Do estacionamento as meninas foram levadas ao Campeche, e cada minuto que passava ficava ainda pior. Os pensamentos negativos não deram espaço para os positivos. As ruas desertas participaram do cenário deste filme. Chegando ao Campeche, a primeira parada foi em uma construção, em volta não se enxergava nada, tudo escuro, as casas próximas nem eram tão próximas assim. Na construção havia cães que começaram a latir ao ver o movimento e, por um momento, as meninas imaginaram ver o primeiro disparo da noite quando um dos rapazes apontou a arma para os cães, mas por sorte ele desistiu e achou melhor levá-las a outro lugar. No entra e sai de ruas depararam com uma lagoa na frente e, por incrível que pareça, o motorista queria fazer o carro flutuar sobre ela.  Orientado por uma das meninas que informou que não conseguiriam passar, ele resolveu voltar. Engatou a ré, pisou fundo, arranhou o carro todo nas árvores e uma das rodas traseiras caiu num buraco. As meninas, muito prestativas, empurraram o carro para tirá-lo dali. E olha, não é que elas são bem fortes? Embarcaram todos novamente e continuaram o zig-zag pelas ruas do Campeche, até que avistaram um lugar perfeito. Deserto. Mangue. O pior momento da noite.

Enquanto um deles revistava tudo o que elas tinham nas bolsas e no carro, no lado de fora o outro as vigiava armado. Uma delas, muito otimista, dizia “a gente vai morrer” e por um momento pensou em correr, sorte que estavam todas de mãos dadas e não deixaram que ela fizesse uma besteira dessas. Onde já se viu correr no mangue de bota salto fino? Depois de diagnosticar a pobreza das damas, falaram em colocá-las dentro do carro e por fogo, pois elas tinham visto seus rostos. Mas logo, para a alegria geral da nação, mudaram de idéia. As meninas imploraram para que as deixassem ali, mas nisso eles não concordaram. Falaram em abandoná-las na BR, mas lá seria muito mais difícil para elas. Assim, a co-pilota fez o seu brilhante papel e sugeriu que as deixassem no terminal. E não é que eles aceitaram a sugestão?! E foram tão legais que ainda deram um passe para cada uma. Se não fosse trágico, seria cômico. Por sorte, nada de mais aconteceu.

As meninas foram muito espertas, uma conseguiu guardar o celular, a outra resgatou sua carteira e óculos, sem contar os cartões de crédito que eles também devolveram quando elas disseram que estavam bloqueados. As três em estado de choque e paralisadas, não conseguiam nem chorar. Chegando ao terminal, às 4h30min, ligaram para um amigo militar que já encaminhou uma viatura e as levou à delegacia, onde só foram liberadas às 7h. O que era para ser uma noite tranqüila se tornou um pesadelo. Eles foram amadores e elas corajosas.

Anúncios

Ações

Information

23 responses

14 09 2009

Acho que o que eu tinha pra dizer, eu já te disse.
É muito bom poder ler mais um texto teu aqui, e com um final feliz.
É muito bom ter a tua janelinha aberta no msn.
É muito bom poder dizer que eu te amo !

14 09 2009
Daiana

Guriaaaaaaa… esse bar (e estacionamento) fica na rua lateral do meu condomínio. Tenho evitado de passar por ela há algumas semanas por estar achando muito escura pra passar sozinha. Depois que enfiaram esses bares aqui, as coisas pioraram muito :/
Infelizmente continuamos sendo vítimas dessa falta de policiamento e desses tipos de pessoas que acham que a nossa vida é um nada, como se pudessem nos fazer de brinquedos e simplesmente jogar fora.
Fico triste por esta situação, mas feliz por não ter acontecido “nada” com as super meninas. Coragem agora será o sobrenome das 3? Era uma boa! Beijo grande…

14 09 2009
Renata Marques

Amiga só tenho a dizer que o SANTO de vocês é forte, que vocês foram super corajosas e graças a DEUS acabou tudo bem!
3 das minhas melhores amigas passam por isso e eu não tenho o que dizer, apenas que AMO muito vocês e que tenho a sorte de tê-las sempre comigo, como minhas amigas!
Mil beijoss

14 09 2009
Moema

Ai gurias, que phoda!!!
Isso só confirma o que a gente sempre escuta…”hoje em dia tá difícil de sair na rua, tem que desconfiar até da sombra”
A gente escuta e acha que não é bem assim, só acredita quando acontece com a gente ou com alguém assim tão próximo!!!
Que bom, muito bom, que nesse caso o final foi feliz…apesar do susto!
Beijos…se cuidem!!

14 09 2009
Carol

Nada a declarar, além do medo que sentimos (passado, presente e futuro…)

Nota do sequestro no Jornal Notícias do Dia de hoje!!!

Cuidem-se todos!!

beijos

14 09 2009
Simone

Ai amigas, que situação heinnn…….felizmente tudo acabou bem.
É, como disse a Mô, sempre achamos que essas coisas nunca vão acontecer com a gente, a menos que aconteça com a gente ou alguém próximo. Bem, o importante é que todas estão bem.
Amigas do coração……amodoro todas, fiquem com Deus!!! Pois era ele que estava com vcs nesse momento difícil que passaram.
bjs

14 09 2009
Sérgio Filipe

WTF!!!

Realmente, se a história não fosse real seria uma ótima tragi-comédia.
Como já foi dito, ainda bem que não aconteceu nada e vocês tiveram a sorte de sair de tudo isso ilesas e com uma história para contar, todo mundo fica muito aliviado com isso.
A Mô está certa, sempre nos dizem essas coisas, que está perigoso sair e bláblá, mas raras são as vezes que levamos isso a sério e o que aconteceu com vocês foi grave até demais.
Fico feliz por nada de mais grave ter ocorrido!!!

Bjão

14 09 2009
Elayne Miranda Vieira

Não posso deixar de explanar minha indignação pelo o caso ocorrido, não por ser minha amiga, mais por estarmos a mercê de um sistema vicioso, caótico e manipulador onde a cada dia, fatos ocorridos como estes, tornam-se comuns. E ninguém mais se preocupa com o BEM maior, que é a VIDA.

E como aproveitar- lá, se não podemos goza-la ao lado de quem nos faz bem e em lugares que nos sentimos bem??? Então, o negócio é se isolar em nossa humilde residência. Quem tem coragem… vai pra rua “brincar de gato e rato” ou quem preferir teatro, fantoche, é tudo de bom, só não esqueça é que você vai ter o papel principal, manipulado por sabe-se sei lá quem.

Amiga o susto foi grande… MAIS graças ao bom DEUS, vcs estão bem.

14 09 2009
Dupla em Crise

Caraca, quando minha dupla contou do ocorrido fiquei muito mal, perna bamba, mil coisas começaram a passar pela minha cabeça, só em pensar já fiquei assim, imagina as três que passaram por isso.
Mas graças a deus nada de ruim aconteceu com as meninas super poderosas, afinal, como disse a Kelly, eles foram amadores e elas corajosas.
É isso ai dupla, tenho certeza que a força e a união de todas vocês foram essenciais para que tudo terminasse bem.

14 09 2009
Léo

Caraca! Meu coração acelerou até eu não ler o final da história. Não consegui rir nem da parte dos passes, fiquei muito tenso! Só pensava: não não não, se a Kelly escreveu o texto é pq já tá tudo bem. Só assim pra eu não cair todo torto e espumando aqui da cadeira. hahahaha
Ainda bem que tudo acabou bem. UFA! E que saudades da Floripa de antigamente: uma Floripa moleque, uma Floripa de raiz! haha

Beijos

14 09 2009
Suzan

Meu Deus!

Eu concerteza teria tido um treco! Que bom que nada de mais grave aconteceu a vocês! Parabéns pela coragem e vamos todos tomar mais cuidado!

Um beijo grande!
:**

14 09 2009
Bruna Steffani

Gente, tb tive um final de semana DAQUELES!
Florianopolis está MUITO PERIGOSA!
Furtaram as coisas do meu carro na sexta, e no sábado uma motorista sem carteira detonou meu carro num acidente!
Final de semana dos infernos hein!
MAS ESTAMOS TODAS VIVAS, E ISSO QUE IMPORTA!

E ELES VAO PAGAR! PODE ACREDITAR

14 09 2009
Tatah

BAH!

Que merda tudo isso, heim? Nem sei o que dizer!
Sei que o medo nessa hora é maior do que qualquer outra coisa.
Mas, só uma perguntinha, eles levaram o carro?

Enfim, vocês foram muito sortudas!

Beijos, Kelly.

14 09 2009
Hellô

Yesssss, levaram meu carrinho novinho ;/

Amiga, fiquei angustiada só em ler… não gosto de lembrar… quero apagar da minha vida…

15 09 2009
Maria Eliza "Guiga"

Oi Frosinhas,

To indignda, triste, sei lá mais o que…é f*** as vezes ser mulher, sei que isso acontece independente do sexo, mas mulher os estragos podem ser maiores e qquer fdp desses fica mais corajoso…e pior, vemos que dependemos de proteção mesmo estando em números…eu mesmo gosto de poder sair sozinha sem depender deinguém, como a maioria das mulheres de hoje…agora os cuidados terão que ser redobrados, mas meninas: vocês se saíram super bem, souberam levar a situação, isso tudo aliado com o amadorismo deles lógico, mas mesmo assim, chorar é a última coisa a fazer nessas horas, parabéns e no que precisar estou aqui…amo todas vocês! Eeeeeiii a helo me convidou p ir nesse sábado aí, po deveria ter ido, já era um lugar a menos no carro p eles…rssrsr

Bjooooooosss

15 09 2009
Débora Rosa

Estou sentindo uma vontade de dar um abraço bem forte e aperado em vcs…
Acho que é pq Amo demais essas três… e não saberia viver longe delas..

15 09 2009
diegomoreau

Putamerda!
Que bom que estão todas bem. Floripa…eu lembro quando era calmo por aqui.

15 09 2009
Ana Paula

Nossa… eu sempre leio os posts, adoro!
E como sempre são muito bons! Parabéns!
Mas esse me prendeu muito mais, como disse o Léo, “Meu coração acelerou até eu não ler o final da história”… poxa, parabéns mais uma vez, mas dessa vez, pela coragem das 3!
Nunca passei por isso, não sei o que iria fazer!
bjs

15 09 2009
Mila

Nossa! Realmente por sorte eles foram amadores e vcs corajosas.
Se fosse comigo eu já sairia correndo mesmo de salto fino até cair na lama e o pior acontecer.
Que bom que estão bem.
Eu também fiquei tensa até ler o final da história e ve que acabou tudo bem.
Cuidado guria.
Beijos.

15 09 2009
Fran

Meu Deus…em q mundo vivemos!!!

Ainda bem q tah tdo bem agora pikena!!

Te amooo..

Bjux

16 09 2009
marilis dutra

Nossa que baita susto
não me imaginaria numa situação dessa de vc’s
ainda bem que acabou bem sem maiores perdas
saudade do tempo que Floripa era mais calma e civilizada
bjss

16 09 2009
Anderson

Poooooow,
Fui quase um dos últimos a saber…

Floripa realmente não é mais a mesma há tempos…

É bom estar sempre muito ligado com essas coisas, na desconfiança acionem a polícia!!

Fico feliz que terminou tudo bem com vocês!!

;*

16 09 2009
Paula Miranda

Nossa!!!!
Ufa!!!!
Deus é grande!
Amo vcs!
beijokas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: