Happy Birthday to You Kelly!

10 07 2009

Postblog

 

Quatro anos pela frente, uma turma de calouros, uma menina que gosta de redação, um menino que curte direção de arte, uma dupla começa a ser formada. Lembro que tudo começou mais ou menos assim.

Lembro de nossos primeiros trabalhos em sala, nossas primeiras e poucas ideias que aos poucos foram se tornando várias ideias.

Lembro de nossas madrugadas de brainstorm online, de nossas discussões para encontrar uma chamada criativa e um layout legal.

Lembro de nossos divertidos almoços diários e passeios pelo centro antes de ir para a estressante tarde de trabalho.

Lembro do job mais ousado que fizemos até hoje, se é que podemos chamar aquilo de ousado, e que segundo o professor até valeu como um exercício de criatividade, porque veicular aquilo… jamais!

Lembro de nossas aulas de fotografia, que enquanto a professora passava conteúdo, a gente tirava fotos, afinal aula de fotografia é para tirar foto.

Lembro das conversas nas aulas de uma professora que só queria falar sobre história da arte, e pasmem, não sei por que motivo ela sempre nos mandava explicar o que tínhamos entendido. Lembra do tal quadro sem perspectiva? Esse vai ficar na memória.

Lembro de quando eu tentava sentar no outro lado da sala só para não conversar pelo menos um dia, mas não adiantava, a Kelly fazia questão de puxar a cadeira e sentar do meu lado.

Lembro de quando a dupla se separou, você foi para a noite e eu fiquei de manhã, mas eu sabia que isso não iria durar muito tempo, logo fui para a noite também.

Lembro de ter comemorado juntos o meu dez no TCC, o seu dez no TCC e nosso dez na campanha.

Lembro de ter sido amigo, companheiro e psicólogo nos momentos mais difíceis.

Lembro de tudo como se fosse ontem.

Lembro de tudo como se fosse hoje.

Lembro de tudo como se fosse agora.

Lembro de como faria tudo de novo amanhã, depois e depois.

Quatro anos se passaram, alegrias foram compartilhadas, tristezas foram consoladas, amizades foram desperdiçadas e uma dupla foi conquistada.

Minha pequena e grande dupla, te desejo toda a sorte do mundo e muito mais, e saiba que uma dupla não se cria, uma dupla se conquista, uma dupla é feita para o que der e vier, assim é uma dupla em crise.

Parabéns e um grande abraço do seu eterno amigo Maikon.